youPode

Los Angeles

Sem contar os filmes e seriados que marcaram a juventude, lembro de ter ouvido falar em Los Angeles quando meu mestre querido Helio Delmiro me aparece com sua última participação em disco naquele ano de 1974:  Elis & Tom - gravado integralmente nesta cidade.
Ele me mostrou fotos numa casa de praia. Ensaiavam pra tocar, Cesar Camargo Mariano, Helio Delmiro, Luizão e Paulo Braga.
Anos depois, fim dos anos oitenta, fui com o Guinga na casa do Mario Adnet. A visita se estendia a Sergio Mendes, ídolo de uma época e eterno morador de L.A.
Algumas reuniões musicais estavam acontecendo e, a minha casa da Tijuca, era, modestamente, uma referência.
Essa útima linha se justifica com a presença de Oscar Castro Neves em um dos nossos saraus.
Pra fechar o pensamento, o craque pousara no Galeão seguindo de mala e instrumento lá pra casa direto  da origem do bilhete, Los Angeles.
Ainda assisti a cena final de “Um dia de Fúria” com Michael Douglas às quedas no pier de Venice, uma praia perto do condado, até carimbar meu visto no passaporte.
A cidade é solar.
Tem também inúmeros mendigos, só os sinto mais solitários. Andam empurrando suas “casas” num carrinho de supermercados.
Vim através de um grande percussionista local chamado Beto Gonzàles e seu grupo, Samba Society.
Sinceramente, nunca vi um grupo tão distante de mim, geograficamente, tocar tão bem o samba e as minhas músicas.
Meu único sofrimento pessoal é o idioma.
Outro dia lendo em desespero o menu, me recusei em pedir scallop como tira-gosto, jurando ser escalopinho.
Eram vieiras.
Também confundi amendoim com espinafre, numa cena dantesca acontecida em pleno pub hollywoodiano.
Pedi Red Wine com tal pronúncia que o barman entendeu como cabeça da videira.
O fuso me dribla nos hábitos, escrevo pouco para o blog.
Nesta quinta toco no Zanzibar:

 

 

 

 

 

 

 

 

 ….e, sábado 16, já em Nova York, no Bàrbes:

Tags: ,

5 Comentários para “Los Angeles”

  1. Mara Vieira Diz:

    Moacyr é LUZ LUZ LUZ LUZ.
    Saúde, paz e muito sucesso por aí.
    Um beijo enorme no seu coração.

    Mara Vieira
    Manaus - Amazonas - Brasil

  2. nano ribeiro Diz:

    sensacional ! quando for show em tóquio quero ir junto, heim ? rsrs

  3. Edir Vidal Diz:

    Tem nada não meu amigo Moacyr.Uma vez, minha mulher, na Bolivia, pediu rillon, pensando ser mignon. Veio rins…rsss
    Um grande abraço…
    Edir

  4. Fafá Diz:

    Mágico, não?! “O samba conduz…” e conduzido por você! è divino! bjos

  5. Zeca Pereira Diz:

    Amigo Moacyr,
    É muito bom vê-lo pelas esquinas de Tio Sam, fazendo samba, com um
    violão debaixo do braço.
    Por aqui, estamos toda MONDAY, no RENASCENCE,semprer acompanhado
    de uma BEER, no samba que YOU inventou.
    Saudade sincera.
    Zeca

Deixe seu comentário

* preenchimento obrigatório